Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LoveCats.pet

A plataforma digital dedicada aos Gatos e a todo o Universo Felino

LoveCats.pet

A plataforma digital dedicada aos Gatos e a todo o Universo Felino

  • Veja aqui a felicidades dos gatos recém adotados

    gato_h

     

    Uma iniciativa promovida de forma espontânea por alguns utilizadores do site norte-americano Reedit incentivou os cidadãos a partilhar a foto de um gato recém-adoptado a caminho de casa.

    Em pouco tempo, vários norte-americanos começaram a postar as imagens do belo animal a interagir com toda a nova família, ainda no carro. Os gatos foram adoptados em vários abrigos locais – quem sabe se esta não pode ser uma forma de, em Portugal e outros países, as associações chamarem a atenção para a grande quantidade de gatos que precisam de uma família?

    Fonte: greensavers.sapo.ptVeja aqui as imagens 

    Conheçam o Gandalf, um gato siberiano que adora viajar

    Foto de Ganddygram.

     

    Galdalf é um gato siberiano de 2 anos de idade que vive na Califórnia e adora viajar. 

    Os seus donos contam que começaram a levá-lo nas suas viagens tinha ele umas semanas de vida e parece ter aprendido a gostar dos passeios. Galdalf desfruta da experiência de estar ao ar livre e partilha todas as aventuras com seus companheiros humanos que afirmam

     

     

     

    Idosos adotam gatos num lar de idosos nos Estados Unidos da América

    idoso_com_gato.jpg

     

    Uma iniciativa conjunta entre um lar de idosos e um abrigo para animais abandonados nos Estados Unidos tem chamado a atenção.

    É um projeto que traz benefícios para ambas as partes. Idosos com Alzheimer e outras doenças neurodegenerativas ajudam a cuidar de gatinhos sem lar, sentindo-se mais responsáveis e tendo diversos efeitos positivos para seu tratamento, como adiar o avanço do alzheimer

    O Pima Animal Care Center, que fica na cidade de Tucson, nos EUA, celebrou esta parceria com o Instituto Catalina Springs.

    Como muitos dos gatos do centro de cuidado animal são filhotes órfãos, geralmente estão abaixo do peso e precisam de se alimentar por mamadeiras, essa é uma das atividades propostas aos idosos com Alzheimer, que ajudam na alimentação dos bichinhos.

    Noutros casos, só o contato com os animais já é suficiente para muitos sorrisos e carinhos!

    Os benefícios dos animais no tratamento do Alzheimer segundo a diretora executiva do instituto, Sharon Mercer, são visiveis. É possível notar melhoras nos participantes do projeto. “Os gatinhos deram-nos a oportunidade de nutrir a condição humana que está em cada um dos nossos residentes”, afirma. Enquanto alimentam e brincam com os gatos, os idosos ganham em socialização!

    E tem mais… Como se sabe, o contato com animais de estimação traz outros benefícios, como a libertação da endorfina, responsável pelas sensações de bem-estar e bom humor. Regista-se também a estimulação da memória afetiva, que vem à tona quando ocorre uma recordação relacionada a um bom momento do passado da vida dessas pessoas com Alzheimer.

    De facto, esta é uma ótima iniciativa onde todos só tem a ganhar! 

    Fonte: portal alzheimer360